Explosão em ponte mata sete policiais no leste da Índia

Supostos rebeldes comunistas explodiram hoje uma ponte no leste da Índia, matando sete policiais que escoltavam funcionários eleitorais, segundo a polícia. Outros dois policiais ficaram feridos e os funcionários escaparam ilesos. Os rebeldes detonaram uma mina terrestre enquanto os policiais passavam por uma ponte no distrito Bastar, no Estado de Chattisgarh, disse o inspetor-geral da polícia, Amarnath Upadhyaya. Os rebeldes em seguida escaparam para uma área de floresta, segundo Upadhyaya. Os rebeldes maoístas lutam há mais de duas décadas em vários Estados do leste indiano. Milhares de pessoas já morreram nos confrontos. Os revoltosos exigem terra e trabalho para os trabalhadores do campo e para os pobres em geral. A área do ataque de hoje fica mais de 1.600 quilômetros a sudeste da capital, Nova Délhi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.