Explosão em ponto de ônibus fere pelo menos 30 em Jerusalém

Bomba foi deixada próxima de bairro judaico; Rádio estatal diz que uma pessoa morreu.

BBC Brasil, BBC

23 de março de 2011 | 12h33

Pelo menos uma pessoa teria morrido na explosão

Uma explosão em um ponto de ônibus deixou pelo menos 30 feridos nesta quarta-feira em Jerusalém, de acordo com as autoridades locais.

A explosão ocorreu em um bairro de Jerusalém ocidental, de maioria judaica, nas proximidades de uma das entradas da cidade.

Segundo a rádio estatal israelense, pelo menos uma pessoa morreu.

A polícia descartou a possibilidade de ataque suicida, afirmando que a bomba foi deixada na calçada, perto de uma cabine telefônica.

Testemunhas dizem que a força da explosão, ocorrida por volta das 15 horas (horário local, 10h de Brasília) fez estremecer prédios ao redor e causou grandes estragos em um ônibus.

Hamas

A TV mostrou cenas de caos no local da explosão, com equipes de emergência correndo para socorrer os feridos.

Após a notícia da explosão, o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, adiou uma visita que faria à Rússia.

Este seria o primeiro ataque do tipo com uma bomba em Jerusalém em vários anos.

A explosão ocorreu em meio a uma escalada das tensões entre militantes do Hamas e Israel.

Jerusalém foi atingida por uma onda de ataque suicidas durante a segunda intifada (levante) palestino, iniciada no ano 2000, mas os ataques diminuíram com o tempo.

O último atentado suicida na cidade ocorreu em 2004. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
israeljerusalémataquepalestinos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.