Explosão em prédio deixa 7 mortos e 6 feridos na Itália

Uma explosão derrubou hoje um edifício de dois andares em Foggia, no sul da Itália, deixando pelo menos sete mortos e seis feridos, segundo as autoridades locais. As equipes de resgate ainda procuram por um homem de 79 anos que vivia em um apartamento do porão.O chefe dos bombeiros, Vincenzo De Rosa, disse que ainda era muito cedo para afirmar qual a causa do acidente, mas umas das possibilidades seria um vazamento de gás. Um pouco antes, a rádio estatal divulgou que autoridades afirmaram que a causa do acidente foi um vazamento, possivelmente de um botijão de gás defeituoso.A explosão, que aconteceu às 3h da madrugada (horário do local), transformou o edifício em um monte de entulho. A força da explosão arremessou colchões para a rua, onde alguns carros estavam estacionados e foram danificados. Os moradores dos prédios vizinhos foram retirados por precaução.De acordo com os moradores, entre os mortos estão uma família inteira, os pais e duas crianças. A vítima mais nova seria um menino de sete anos.Em novembro de 1999, 67 pessoas morreram quando um edifício de seis andares desmoronou em Foggia. A investigação concluiu, no ano seguinte, que a causa do desastre foi a má qualidade da construção.As explosões do gás não são incomuns na Itália, onde muitas pessoas usam botijão gás ao invés de caldeiras, mais caras para o aquecimento e para cozinhar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.