Explosão em santuário xiita mata sete no Iraque

Sete pessoas morreram e 31 focaram feridas na explosão de uma bomba nos portões de um dos principais santuários do islamismo xiita, dizem funcionários de um hospital. Entre os feridos está o xeque Abdul Mahdi al-Karbalayee, representante do mais influente líder xiita do Iraque, o grão-aiatolá Ali al-Sistani, disse o porta-voz da polícia, Abdul-Rahman Mishawi. A bomba explodiu às 17h30 (hora local), no portão oeste da mesquita Imã Hussein, em Kerbala.O porta-voz de Al-Sistani, Hamed al-Khafaf, disse que a explosão provavelmente representou um atentado à vida de al-Karbalayee. Segundo Khafaf, diversos guarda-costas do xeque estão entre os mortos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.