Explosão em shopping na Finlândia pode ter sido ataque terrorista

A polícia finlandesa trabalha com a hipótese de que a explosão que destruiu ontem um shopping center em um subúrbio de Helsinque tenha sido resultado de um ato terrorista e acredita que, entre as vítimas fatais, estaria o homem-bomba. Sete pessoas morreram e mais de 80 outras, incluindo 10 crianças, ficaram feridas na explosão ocorrida no final da tarde de sexta-feira no movimentado shopping Myyrmanni, em Vantaa, a 15 quilômetros do centro da capital. O número de mortos poderá subir porque vários dos feridos encontram-se em estado grave. "Ainda não sabemos o motivo do ataque", declarou Tero Haapala, da Polícia de Helsinque. "Mas algum tipo de conhecimento profissional (em explosivos) era necessário". Segundo Haapala, o suspeito tinha menos de 20 anos de idade e era residente na capital finlandesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.