Explosão em siderúrgica na China deixa 4 mortos

A explosão numa siderúrgica numa província do leste da China matou quatro pessoas e deixou 32 feridas nesta segunda-feira, informaram meios de comunicação estatais, em meio a uma série de acidentes industriais registrados em todo o país.

Agência Estado

01 Abril 2013 | 08h53

A explosão ocorrida na província de Jiangxi rompeu o forno de fundição número 2 do Xinyu Group, informou a agência oficial de notícias Xinhua, segundo a qual os feridos foram levados para um hospital. Não foram divulgadas mais informações sobre o incidente.

Funcionários da empresa contatados pelo telefone confirmaram a explosão, mas disseram não ter mais informações. Autoridades do governo local negaram-se a comentar o caso e todos se recusaram a fornecer seus nomes.

Mais ao norte, na província de Jilin, seis pessoas morreram e 11 estavam desaparecidas após uma explosão numa mina de carvão também nesta segunda-feira, informou a Xinhua. O acidente ocorreu apenas três dias após uma explosão, no mesmo local, nas proximidades da cidade de Baishan, ter matado 28 mineiros. As causas do acidente estão sendo investigadas.

Também hoje, foram recuperados 36 corpos de mineiros, vítimas de um deslizamento de terra nas proximidades da capital do Tibete, Lhasa, que atingiu 83 pessoas na sexta-feira, disse a Xinhua.

A China tem lutado para melhorar as condições de segurança no trabalho nos últimos anos em meio às pressões do rápido crescimento econômico. A aplicação de regras de segurança trouxe melhoras em áreas como a mineração de carvão. As empresas também têm sido forçadas a melhorar as condições para atrair trabalhadores, em meio a um mercado de trabalho mais apertado. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Chinasiderúrgicaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.