Explosão em um café deixa cinco mortos e 20 feridos no norte da Etiópia

Oficiais etíopes culparam governo do país vizinho da Eritreia pelo atentado

24 de abril de 2010 | 18h41

Reuters

 

MAKELLE- Uma explosão em um café ma região de Tigray, no norte da Etiópia, deixou cinco mortos e 20 feridos neste sábado, 24, de acordo com oficiais que responsabilizaram o país vizinho de Eritreia pelo ataque.

 

"Este é um ataque do governo eritreu para obstruir deliberadamente as próximas eleições", disse Micheal Abraha, administrador de Tigray. "As eleições da Etiópia irão acontecer mesmo que a Eritreia não queira", advertiu.

 

Não houve resposta imediata do governo eritreu.

 

As votações na Etiópia estão marcadas para 23 de maio. A explosão em um dia de mercado na cidade de Adi-Daero ocorreu um dia após dois grupos rebeldes eritreus afirmarem que mataram 11 soldados governamentais em ataques coordenados em campos militares no sul da Eritreia.

 

Os dois países africanos vizinhos têm um histórico de tensões e hostilidades acerca da disputa de territórios na fronteira entre as duas nações.

 

As relações entre os dois países estão em um impasse desde que eles lutaram uma guerra entre 1998 e 2000 na qual ao menos 70 mil pessoas morreram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.