Explosão em universidade deixa seis feridos no Nepal

Pelo menos seis pessoas ficaram feridas neste quinta-feira após uma bomba explodir em uma universidade de Katmandu, capital do Nepal. Nenhum grupo se responsabilizou pelo atentado, mas a polícia suspeita de rebeldes maoístas que lutam pelo fim da monarquia constitucional e pela posterior adoção do comunismo no país. Desde 1996, mais de 4 mil pessoas já morreram nos confrontos entre os maoístas e o Exército nepalês.

Agencia Estado,

08 Agosto 2002 | 04h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.