Explosão fecha refinaria de petróleo no Kuwait

Uma explosão neste sábado atingiu uma refinaria de petróleo do Kuwait, obrigando o fechamento do local. Entretanto, ninguém ficou ferido no incidente, de acordo com o porta-voz da Compania Nacional de Petróleo do Kuwait, Mohammed al-Ajami. Al-Ajami afirmou que a explosão aconteceu na região de Shuaiba, no sul da Cidade do Kuwait, por volta da 1h30 da madrugada (horário local) em uma tubulação de petróleo. A instalação foi gradualmente fechada, já que o fogo não foi controlado. Segundo Al-Ajami, não há suspeita de a explosão ser conseqüência de um ataque terrorista. As investigações para determinar as causas da explosão já começaram. Segundo ele, há indícios de o acidente ter sido causado por erros técnicos. A região sul do Kuwait, maior produtora de óleo do país, tem três refinarias de petróleo, nas cidades de Al-Ahmadi, Mina Abdullah e Shuaiba. A terceira é a menor delas e tem uma capacidade de produzir 200 mil barris de petróleo por dia. Juntas, diariamente elas produzem 915 mil barris. Em todo o país, 2,6 milhões de barris de petróleo são produzidos diariamente. O governo do Kuwait planeja modernizar as refinarias de Al-Ahmadi e Mina Abdullah. As obras, com previsão de conclusão para o início de 2011 tem um custo estimado em 3 bilhões de dólares.

Agencia Estado,

04 Novembro 2006 | 09h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.