Explosão força fechamento de dois oleodutos na Turquia

Mídia local afirma que rebeldes curdos foram responsáveis por 2° incidente em duas semanas

AE, Agência Estado

06 de agosto de 2012 | 10h09

ANCARA - Uma explosão ocorrida na Turquia forçou o fechamento de dois oleodutos que transportam petróleo vindo do Iraque, disseram autoridades nesta segunda-feira, 6, no segundo incidente do tipo em duas semanas. A mídia local afirma que rebeldes curdos foram os responsáveis.

Veja também:

linkMortos por confronto na fronteira turca chegam a 22

linkTurquia ameaça agir contra curdos em território sírio

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

A explosão ocorreu na noite de domingo, perto da cidade de Midyat, sudeste do país, e danificou o oleoduto que corre de Kirkuk, norte do Iraque, até o porto turco de Ceyhan, no Mediterrâneo, afirmou um funcionário da companhia petrolífera turca BOTAS. Uma outra linha paralela não foi atingida mas também foi fechada temporariamente por precaução, disse o funcionário.

Os dois oleodutos transportam cerca de 25 milhões de toneladas de petróleo bruto por ano. O funcionário afirmou que as autoridades turcas suspeitam que a explosão foi resultado de sabotagem, mas não quis dar mais informações. Ele falou em condição de anonimato por causa de regras do governo que proíbem funcionários públicos de falarem com jornalistas.

A emissora estatal turca TRT afirmou que o oleoduto foi atacado por rebeldes curdos que lutam por autonomia no sudeste. Uma agência de notícias próxima aos rebeldes reportou em seu site que os insurgentes curdos assumiram a responsabilidade pelo atentado.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaexplosãooleoduto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.