, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2010 | 00h00

Uma explosão matou uma pessoa e deixou ao menos 10 feridos ontem em um ponto de ônibus de Bangcoc, capital da Tailândia. O atentado ocorreu depois do fechamento das urnas para uma eleição suplementar considerada como um referendo sobre a recente instabilidade política no país. Não há sinal de quem foi o responsável ou se o ataque tem ligação com a votação, vencida pelo candidato do partido governista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.