Explosão mata 14 civis em micro-ônibus no Afeganistão

Ao menos 14 civis morreram hoje no Afeganistão, após uma bomba explodir na beira de uma estrada por onde passava um micro-ônibus com os passageiros. A explosão ocorreu no distrito de Lashkar Gah-Sangin, sul do país, na principal estrada que liga a cidade de Kandahar a Herat. Outras quatro pessoas ficaram feridas. Segundo informações de Daoud Ahmadi, porta-voz do governo de Helmand, a bomba foi colocada no local pelo Taleban.

AE, Agência Estado

30 de dezembro de 2010 | 12h00

O veículo transportava as pessoas para um mercado próximo, disse Ghulam Haidar, morador da região que foi até o local depois de saber que dois de seus irmãos haviam morrido. "Houve uma enorme explosão e pedaços de corpos foram lançados do ônibus", contou.

O presidente Hamid Karzai condenou o episódio como um ataque "sedento de sangue" e disse em comunicado que os explosivos foram "plantados pelo inimigo do povo afegão". Helmand é um dos locais com forte presença do Taleban no sul do país. A região foi o palco dos piores combates da guerra e uma região para onde a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) enviou vários soldados para tentar dominar a insurgência. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.