Explosão mata 19 em mina de carvão na Turquia

Uma explosão na noite de ontem provocou a morte de 19 trabalhadores em uma mina de carvão na Turquia. De acordo com informações do governador da província de Bursa, Sahabettin Harput, a explosão foi provocada pelo uso de dinamite durante escavações na mina, localizada no vilarejo de Devecikonagi. Segundo o ministro do Trabalho, Omer Dincer, os trabalhadores estavam a 220 metros de profundidade.

AE-AP, Agencia Estado

11 de dezembro de 2009 | 16h51

"Nós perdemos 19 trabalhadores. A galeria foi totalmente solapada", afirmou Dincer. O ministro disse que os trabalhadores conseguiram retirar nove corpos até o final desta tarde e estavam tentando chegar aos 10 remanescentes, que ficaram soterrados em câmaras.

Dincer havia dito antes que os trabalhadores tentavam escorar os tetos para chegar aos corpos dos mineiros mortos, e que o trabalho poderia levar um dia inteiro. "Eles precisam fazer esse trabalho com muito cuidado, bem devagar", comentou Dincer. Hamza Baskurt, um dos socorristas, disse ter visto corpos na galeria desabada mas não conseguiu retirá-los.

Quatro trabalhadores que estavam fora da galeria na hora da explosão conseguiram sobreviver ao desastre, afirmou Dincer. O trabalho de resgate foi prejudicado por causa da grande quantidade de gás inflamável dentro da mina. Inicialmente, as equipes bombearam ar dentro da mina numa tentativa de dispersar o gás, enquanto esperavam que equipes de resgate com equipamentos adequados viessem de outras cidades. A neblina pesada impediu que eles fossem levados de helicóptero ao local.

Tropas paramilitares isolaram a entrada da mina e tentavam acalmar os parentes desesperados dos mineiros mortos. Dincer disse que a mina foi inspecionada pela última vez em maio deste ano e estava aberta desde 1983. Violações às normas de segurança e equipamento obsoleto são fatores que levaram a acidentes em minas turcas no passado.

Há três anos, 17 mineiros foram mortos numa explosão de gás metano numa mina de carvão na província de Balikesir, também no noroeste do país. No pior desastre numa mina turca, uma explosão de gás matou 270 trabalhadores perto do porto de Zonguldak, no Mar Negro, em 1992.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaminaexplosãomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.