Explosão mata 2 removedores de minas no Afeganistão

Dois removedores de minas terrestres morreram e outros dois ficaram feridos quando o veículo em que estavam atingiu uma bomba colocada à beira de uma estrada no sul do Afeganistão, informou Mohammad Gulaum, vice-chefe da polícia local nesta quarta-feira. Um porta-voz do Taleban, Zabihullah Mujahid, assumiu a responsabilidade pela explosão e disse que seu alvo era um veículo militar.

AE, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 17h53

A explosão ocorreu no distrito de Chora, província de Uruzgan, ontem, quando os funcionários afegãos da Mine Detection Center, ou MDC, estavam indo para o trabalho. A MDC é uma organização não-governamental estabelecida em 1989 para fazer a retirada de minas terrestres, em sua maioria plantadas durante a ocupação soviética no Afeganistão.

Otan

Também nesta quarta-feira, um helicóptero da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) fez um pouso de emergência por problemas técnicos na província de Kunduz, norte do país, mas não houve feridos, disse o chefe distrital Shaikh Saadi. A Otan não comentou o incidente.

Atualmente, existem cerca de 120 mil soldados sob o comando da Otan e dos Estados Unidos no Afeganistão que combatem a insurgência liderada pelo Taleban. Os combates estão no nono ano, mas a expectativa é de que as tropas recebem reforços de mais 150 mil homens nos próximos meses. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.