Explosão mata 20 e deixa 22 feridos no sudoeste do Afeganistão

Ônibus atingido viajava de Nimroz para Cabul quando uma mina explodiu

Efe,

28 de julho de 2010 | 04h57

CABUL - A explosão de uma mina terrestre causou a morte de 20 pessoas e deixou outras 22 feridas durante a passagem do ônibus que viajavam na província de Nimroz (sudoeste do Afeganistão), informou uma fonte oficial.

O veículo de passageiros se dirigia de Nimroz a Cabul pela principal estrada que conecta o sudoeste com a capital quando uma mina explodiu. Entre as vítimas há mulheres e crianças, segundo o porta-voz do governador provincial, Ahmad Jan. A fonte acrescentou que foi iniciada uma investigação para esclarecer as circunstâncias do incidente.

O movimento taleban e outros grupos insurgentes atuam principalmente no arco sudeste do país, onde predomina a etnia pashtun.

As minas e as bombas de fabricação caseira são alguns dos métodos mais utilizados pelos insurgentes taleban para atacar as tropas internacionais desdobradas no Afeganistão. Os artefatos costumam causar baixas também entre a população civil.

No total, 1.074 civis morreram no primeiro semestre do ano vítimas da guerra afegã, um aumento de 1,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da organização independente Afghanista Rights Monitor (ARM).

Tudo o que sabemos sobre:
Explosão, ônibus, Nimroz, Cabul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.