Explosão mata 3 em engarrafadora da Coca-Cola na Índia

Uma explosão numa engarrafadora da Coca-Cola na Índia matou três funcionários no Estado de Orissa, leste do país, na sexta-feira. Três funcionários de uma empresa de manutenção de caldeiras, a Steamax Fuel Supplier, morreram e cinco ficaram feridos quando a caldeira explodiu na fábrica da Hindustan Coca-Cola Beverages Pvt. Ltd.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2010 | 19h02

A polícia local deteve três funcionários da engarrafadora para interrogatório, liberando-os posteriormente. A polícia investiga as causas da explosão.

"A caldeira estava em boas condições de uso e foi inspecionada e aprovada pelo Diretório de Fábricas e Caldeiras em dezembro de 2009", segundo um comunicado da Hindustan Coca-Cola. "A fábrica está fechada desde o acidente para a realização de amplas investigações sobre a causa (da explosão)", diz o texto.

A Coca-Cola se tornou o alvo de grupos ambientalistas e contrários à globalização, que acusam suas engarrafadoras de vários delitos, desde o uso excessivo de água e poluição. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaexplosãoCoca-Colamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.