Explosão mata 31 pessoas em bairro xiita de Bagdá

Pelo menos 31 pessoas morreram e 56 ficaramferidas nesta segunda-feira, na explosão de uma bomba no bairro xiita de Sadr City, no leste de Bagdá, informaram fontes policiais, que não informaram se o explosivo foi detonado por um suicida. A explosão aconteceu em um centro de contratação de trabalhadores da construção civil. O atentado aconteceu por volta das 07h (01h em Brasília), quando várias pessoas se encontravam na praça de Sadr City em busca de emprego. Forças de segurança iraquianas comandadas pelo Exército americano estão há quatro dias na cidade, postadas nas entradas e saídas do bairro. Os agentes registram todos os veículos que entram e saem do bairro, um dos mais pobres desta cidade com população é estimada em três milhões de habitantes. Forças americanas e iraquianas realizaram duasoperações na semana passada, em Sadr City, em busca de um soldado dos EUA de origem iraquiana que tinha sido seqüestrado nasegunda-feira enquanto visitava familiares. Sadr City é considerado um reduto da milícia do Exército Mehdi, liderada pelo clérigo xiita Moqtadaal-Sadr, que os sunitas responsabilizam por assassinatos e seqüestros de árabes sunitasque acontecem diariamente no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.