Explosão mata 37 pessoas em mina de carvão na China

Autoridades chinesas interditaram todas as minas de carvão da cidade de Datong, na província de Shanxi, e detiveram dois fiscais de segurança depois de uma explosão de gás ter causado a morte de 37 mineiros e deixado outros cinco desaparecidos, informou a agência de notícias Nova China. O acidente foi o mais recente de um setor que ganhou a reputação de ser o mais letal do país, apesar das promessas governamentais de aumentar a segurança. Equipes de resgate recuperaram mais de 20 corpos da mina de Xingergou, nos arredores de Datong. Outras 13 pessoas foram encontradas com vida e levados a hospitais próximos, mas morreram mais tarde. A Nova China, depois, ampliou o número total de mortos para 37, sem fornecer maiores detalhes, e informou que são "mínimas" as chances de haver sobreviventes entre os desaparecidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.