Explosão mata 5 e fere dezenas de pessoas no Afeganistão

A explosão de uma bomba em Herat,no oeste do Afeganistão, matou cinco pessoas e feriu outras 29,fazendo crescer a preocupação com a segurança do país dois diasapós terem sido marcadas para outubro suas primeiras eleiçõeslivres. O líder afegão Hamid Karzai acusou os inimigos da paz eda democracia pela ação, que ocorreu no momento em quefuncionários das Nações Unidas e do governo assistiam a umacerimônia para o desarmamento de milicianos na cidade. A polícia de Herat disse ter detido um suspeito. Mas nãoficou claro quem pode estar por trás dessa última tentativa detumultuar os preparativos para as eleições presidenciais que,segundo as autoridades anunciaram na última sexta-feira, forammarcadas para 9 de outubro. O chefe de polícia Ziauddin Mahmoudi disse que abomba-relógio estava escondida num cesto de lixo perto de umprédio que abriga lojas no andar térreo e uma delegacia depolícia no andar superior. Funcionários disseram que um menino de 12 anos estáentre as vítimas fatais do atentado. Entre os 29 feridos, estáum policial. Dezenas de feridos foram levados a um hospital da cidade entre eles quatro crianças. Seis dos feridos foram consideradosem estado crítico pelo serviço de saúde pública. Nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.