Explosão mata 6 soldados da Otan no Afeganistão

A explosão de uma bomba no leste do Afeganistão matou seis soldados da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) neste domingo, num dia em que 29 pessoas morreram em explosões de bombas e ataques de insurgentes no país.

EQUIPE AE, Agência Estado

08 de julho de 2012 | 21h10

A Otan informou que a explosão foi causada por um dispositivo improvisado, mas não forneceu mais detalhes sobre o ataque e não revelou a identidade das vítimas.

Um aumento no número de soldados afegãos e de soldados da coalizão nos últimos dois anos acabou fazendo com que guerreiros do Taleban deixassem vários de seus redutos no sul do país, mas os insurgentes intensificaram seus ataques recentemente para tentar recuperar áreas estratégicas.

Além dos seis soldados da Otan, explosões de bombas e ataques neste domingo mataram 16 civis afegãos, cinco policiais e dois membros da coalizão no sul do país, segundo autoridades. Os civis, incluindo mulheres e crianças, morreram em três explosões no distrito de Arghistan, na fronteira com o Paquistão.

Em 2012 até agora, mais de 225 soldados da Otan foram mortos no Afeganistão. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
AfeganistãoOtanviolênciabomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.