Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Explosão mata ao menos 12 no Paquistão após comício eleitoral

Doze pessoas morreram no noroeste doPaquistão neste sábado em um suposto ataque suicida perto de umescritório do candidato apoiado pelo partido da líderoposicionista assassinada Benazir Bhutto, informou umaautoridade. Os políticos paquistaneses concluíram neste sábado suascampanhas eleitorais para o pleito de segunda-feira, que foiadiado para esta data após o assassinato de Bhutto, em 27 dedezembro. "É uma situação muito ruim. Corpos estão espalhados portodo lugar, mas ainda não os contamos", disse à Reuters MuneerHussain Bangash, médico do principal hospital do governo nacidade de Parachinar. Uma autoridade de inteligência na região declarou que 12pessoas foram mortas e que a cifra pode aumentar. Um morador na cidade de Parachinar, na região da fronteiracom o Afeganistão, disse que a explosão ocorreu enquantosimpatizantes do candidato se dirigiam ao escritório apóscomício. Ele afirmou ter visto membros espalhados pelo chão. Testemunhas disseram que explosão parece ter sido causadapor um carro-bomba. (Reportagem de Zeeshan Haider)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.