Explosão mata dois soldados americanos em Bagdá

Baixas do Exército dos EUA no Iraque já são 3.532 desde o início da invasão do país

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h10

Dois soldados americanos morreram e quatro foram feridos em conseqüência da explosão de uma potente bomba colocada sob o carro no qual patrulhavam uma área no sudoeste de Bagdá, informou nesta quinta-feira, 21, o comando militar dos Estados Unidos no Iraque. O comunicado não deu mais detalhes sobre as circunstâncias do ataque, que aconteceu na quarta-feira. As baixas do Exército dos EUA no Iraque já são 3.532 desde o início da invasão do país, em março de 2003. As operações conjuntas de iraquianos e americanos contra focos de insurgentes na província de Diyala, a nordeste de Bagdá, entraram nesta quinta no terceiro dia. Segundo um comunicado das Forças Armadas dos EUA, a grande ofensiva, que mobilizou 10 mil homens, matou 41 supostos insurgentes até agora.

Mais conteúdo sobre:
Iraque soldados americanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.