Explosão mata oito civis em Bagdá

A explosão de uma bomba na região central de Bagdá deixou pelo menos oito mortos e 28 feridos nesta quarta-feira, informou a polícia iraquiana.A explosão ocorreu por volta de 11h10 locais no distrito de Nahda, disse o tenente de polícia Bilal Ali. Segundo ele, todos os mortos eram civis, mas quatro policiais estavam entre os feridos.Inicialmente, autoridades locais sugeriram a explosão de um carro-bomba, mas a polícia mais tarde determinou que o explosivo não estava no veículo.Em Mossul, 360 quilômetros a noroeste de Bagdá, confrontos entre policiais e homens armados provocaram a morte de pelo menos cinco pessoas. Seis pessoas foram feridas, disse o tenente coronel Abdul-Karim Ahmed Khalaf. Os choques ocorrem um dia após um atentado suicida ter provocado a morte de nove pessoas na cidade.Em Basra, a segunda maior cidade do Iraque, soldados britânicos intervieram para dispersar dezenas de homens armados que cercaram o gabinete do governador da cidade sulista, aparentemente para vingar a morte de um líder tribal ocorrida na terça-feira.Antes da dispersão, porém, houve confrontos entre os membros da tribo Bani Assad e a polícia local. Pelo menos um policial morreu e quatro ficaram feridos. Sete participantes do cerco foram detidos.Mais três pessoas morreram em outros episódios de violência ocorridos hoje no Iraque. Em Kut, 160 quilômetros a sudeste de Bagdá, três corpos foram encontrados boiando nas águas do Rio Tigre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.