Explosão mata pelo menos 27 na Ucrânia

Vazamento de gás teria causado explosão; equipes buscam sobreviventes

Da BBC Brasil, BBC

26 de dezembro de 2008 | 03h00

Equipes de resgate estão buscando sobreviventes sob os escombros de um prédio no sul da Ucrânia, onde uma explosão matou pelo menos 27 pessoas. O ministro para Emergências, Volodymyr Shandra, disse que 21 pessoas foram resgatadas. Há receio de que muitas outras ainda estejam presas sob o concreto. Duas entradas do prédio de cinco andares no balneário de Yevpatoriya, no Mar Negro, ficaram bloqueadas após a explosão. O presidente da Ucrânia, Viktor Yushchenko, declarou 26 de dezembro um dia de luto nacional pelas vítimas da explosão. As autoridades acreditam que a explosão pode ter sido causada por um vazamento de gás no prédio. Correspondentes dizem que acidentes causados por vazamentos de gás são comuns em apartamentos antigos nas ex-repúblicas soviéticas, em particular no inverno, quando os moradores usam o gás para alimentar sistemas de aquecimento. Uma explosão semelhante em outubro de 2007 matou 23 moradores de um prédio em Dnipropetrovsk, na Ucrânia.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC   Matéria atualizada às 9h28

Tudo o que sabemos sobre:
ucrâniaexplosãogás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.