Explosão mata pelo menos 9 pessoas nas Filipinas

Pelo menos nove pessoas morreram hoje depois da explosão de uma bomba na Cooperativa de Consumidores da cidade de Jolo, capital da conflituosa ilha filipina do mesmo nome (sul), informou a Polícia. O diretor da Polícia local, Ahirom Ajorim, disse que há outras 20 pessoas com ferimentos graves que foram internadas no hospital geral de Jolo. O policial informou que um suspeito, que não identificou, foi detido depois da explosão. As equipes de resgate ainda estão trabalhando e não se descarta que possa haver mais pessoas enterradas sob os escombros. Até o momento se desconhecem os autores ou os motivos da explosão, mas a ilha de Jolo é um dos feudos do grupo terrorista Abu Sayyaf, relacionado com a rede da Al Qaeda, responsável por inúmeros atentados e seqüestros nas Filipinas. A Cooperativa de Consumidores é um edifício de dois andares situado no centro da cidade de Jolo.

Agencia Estado,

27 Março 2006 | 05h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.