Explosão mata pelo menos nove na China

Uma explosão em uma fábrica de fogos de artifício em Yulin, cidade na região de Guangxi, sul da China, matou pelo menos nove pessoas e feriu outras 25, pelo menos. A cidade está localizada a cerca de 400 quilômetros a oeste de Hong Kong, e fica em uma das regiões mais pobres do país.A explosão, que espalhou destroços em um raio de 115 metros, aconteceu no momento em que a indústria de fabricação de fogos de artifício, ramo no qual os acidentes fatais não são incomuns na China, aumenta a produção visando as festividades do ano novo lunar. As comemorações, durante as quais os chineses soltam milhões de fogos de artifício de todas as cores e gêneros para espantar os maus espíritos, têm início no dia 12 de fevereiro.A fábrica onde ocorreu o acidente, de propriedade de dois antigos fazendeiros, começou a produzir fogos de artifício em 1995 e possui cerca de 2.100 empregados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.