Explosão mata seis agentes humanitários em Angola

A explosão de uma mina terrestre causou a morte de seis funcionários angolanos da organização humanitária internacional CARE, informou o grupo. A explosão, ocorrida em 12 de dezembro na província de Bie, região central do país, atingiu homens contratados pela CARE que trabalhavam em um programa de treinamento de agricultores, disse Lynn Heinisch, uma porta-voz da CARE em Johannesburgo, África do Sul.As vítimas viajavam em um trator quando o condutor passou sobre uma mina terrestre.José Kuvenge, Elias Bambi Samaria, João Chissapa, Adelino Kanguende e Nicolau Tomas morreram no local, informou a CARE por meio de um comunicado divulgado ontem. O sexto agente humanitário, Antonio Salvador, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital na última terça-feira.A CARE retardou a divulgação do acidente para que as famílias das vítimas fossem notificadas primeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.