Explosão mata seis pessoas na Venezuela

Seis pessoas morreram hoje no Estado de Mérida, oeste da Venezuela, na explosão de uma casa onde estavam armazenados centenas de litros de gasolina, informou a Rádio Caracas. Os mortos são quatro menores, com idade entre 9 e 15 anos, e dois adultos. Segundo testemunhas, a gasolina armazenada seria vendida no câmbio negro em meio à escassez do produto causada pela greve geral convocada pela oposição.No mercado paralelo, o litro de gasolina é vendido pelo equivalente a US$ 0,60 - 15 vezes mais do que o preço oficial deUS$ 0,04. Para tentar conter o armazenamento de combustível, ogoverno proibiu a venda de gasolina em recipientes. Em todo opaís, nos poucos postos que ainda têm o produto, há longas filasde carros à espera para encher o tanque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.