Explosão mata soldado italiano no Líbano, diz TV

Uma explosão no sul do Líbano matou pelo menos um mantenedor de paz italiano hoje, informou a rede de televisão Al-Jazeera em seu site. A explosão atingiu um veículo de patrulha italiano com representantes da Força Interina da ONU para o Líbano (UNIFIL, na sigla em inglês), em uma rodovia na entrada da cidade costeira de Sidon. A France Presse confirmou cinco feridos pelo ataque, segundo uma fonte do setor de segurança.

AE, Agência Estado

27 de maio de 2011 | 12h52

A UNIFIL foi estabelecida em 1978, para monitorar a fronteira libanesa com Israel, e ampliada após a guerra de 2006 entre os israelenses e o grupo militante xiita libanês Hezbollah. A força multinacional tem atualmente 13 mil soldados no sul do Líbano, com a Itália como o maior contingente. Em fevereiro, o Brasil assumiu o comando da Força-Tarefa Marítima da UNIFIL, a convite da ONU. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãoitalianomorteLíbano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.