Explosão mata suposto líder mafioso em Tel-Aviv

A explosão de um carro provocou hoje a morte um líder mafioso israelense em Tel-Aviv. O porta-voz da polícia Micky Rosenfeld se recusou a identificar a vítima. Ele disse apenas que era uma figura ''bem conhecida'' no vasto mundo do crime organizado de Israel. A mídia local o identificou como Yaakov Alperon - conhecido informalmente como "Don Alperon". Médicos israelenses afirmaram que dois pedestres também ficaram feridos.Acostumados aos confrontos com seus vizinhos palestinos, os israelenses tradicionalmente se sentiram relativamente seguros em relação aos crimes violentos. Porém, nos últimos anos as guerras entre mafiosos assolam as cidades do país.Grupos rivais se enfrentam pelo controle de locais de aposta e para poder cobrar por proteção a outros criminosos. Eles se enfrentam com balas, bombas e até mísseis antitanque.O crime organizado tornou-se parte do cotidiano dos israelenses. Há no país inclusive uma série no estilo de "Os Sopranos", chamada "O Árbitro", na qual nem as sinagogas são refúgio para homens feridos.Nos últimos três anos, as guerras entre grupos rivais deixaram dezenas de mafiosos mortos e pelo menos oito inocentes. Também ficou à mostra a escandalosa cumplicidade entre os encarregados do cumprimento da lei e os criminosos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.