Explosão mata três crianças no noroeste do Paquistão

Bomba foi colocada próxima a casa de vilarejo que fica perto da fronteira com o Afeganistão

Associated Press,

27 de janeiro de 2010 | 09h20

Uma bomba colocada próxima a uma casa no noroeste do Paquistão explodiu quando crianças tentaram abri-la e deixou três delas mortas, informou nesta quarta-feira, 27, a Polícia local.

 

A explosão destruiu parcialmente a casa no povoado de Nanger Khani, que fica em uma área próxima à fronteira com o Afeganistão, segundo o policial Gul Zameen Khan. A Polícia está investigando por que a bomba foi colocada próxima à casa.

 

O Paquistão tem sofrido com a crescente violência da insurgência taleban, que declarou guerra contra o governo. Muitos dos militantes se concentram no noroeste do país, mas a violência se espalhou para várias outras áreas do país nos últimos anos.

 

Na Caxemira, Treze policiais e especialistas civis em explosivos foram feridos também nesta quarta, quando uma bomba caseira que tentavam desarmar explodiu, segundo o oficial Iftikhar Kiani. Os explosivos estavam escondidos em um galão de leite colocado na estrada que leva a uma base militar.

 

Militantes muçulmanos têm lutado por décadas para libertar a Caxemira do controle do Paquistão. A região também faz parte da Índia e foi motivo de disputa entre os países vizinhos por muitos anos. A parte do Paquistão serve como base para insurgentes anti-Índia treinarem e lançarem ataques pela fronteira, mas violência na área é relativamente rara.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãobombaTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.