Explosão mata três membros do Hezbollah

Três integrantes do grupo xiita Hezbollah foram mortas ontem em uma explosão que atingiu um depósito de armas no leste do Líbano. Forças do grupo isolaram a área rapidamente e impediram jornalistas de entrar na cidade de Nabi Sheet, 30 quilômetros ao sul do centro regional de Balbeek, cidade conhecida como eixo de contrabando de armas e drogas. Apesar de pressões internas a favor do desarmamento, o Hezbollah acumula arsenais alegando que eles poderiam ser necessários em uma nova guerra com Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.