Explosão mata vizinha do partido de oposição na Geórgia

A polícia e o partido de oposição na Geórgia dizem que uma explosão fora da sede do partido, na capital do país, matou um vizinho. O estouro perto do prédio do Partido Trabalhista ocorreu antes do amanhecer, neste domingo, no centro de Tibilisi.

AE, Agência Estado

28 de novembro de 2010 | 10h54

A porta-voz do partido, Keti Dolidze, disse que a vítima, uma mulher na faixa de 50 anos de idade, vivia na casa do outro lado da rua em frente ao partido. Dolidze também afirmou que a explosão quebrou janelas e trincou paredes no escritório do partido.

A polícia afirmou que abriu uma investigação para apurar o caso. O Partido Trabalhista, oposição ao presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, tem seis cadeiras das 150 do parlamento. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.