Explosão na Tailândia fere 10 em protesto da oposição

Dez pessoas ficaram feridas em Bangcoc, na Tailândia, quando uma granada foi lançada sobre pessoas que realizavam um protesto contra o governo. Os manifestantes bloqueiam há dois meses o acesso ao escritório do primeiro-ministro do país. O protesto foi realizado em frente à embaixada britânica, pedindo a extradição do ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, que vive em Londres. Thaksin foi condenado no início do mês por violar uma lei sobre conflito de interesses e sentenciado a dois anos de prisão.Vários tailandeses também pedem a saída do atual primeiro-ministro, Somchai Wongsawat, cunhado de Thaksin e considerado pela oposição como um fantoche do ex-primeiro-ministro. Ninguém assumiu a autoria do ataque de hoje contra os manifestantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.