Explosão no centro de defesa deixa ao menos um morto

Segundo corpo de bombeiros da Coreia do Sul haviam 60 pessoas no momento do acidente

Efe,

03 de dezembro de 2009 | 03h46

Nesta quinta-feira, 3, ao menos uma pessoa morreu e cinco estão feridas, sendo duas em estado grave, devido a uma explosão em um insituto de investigação governamental vinculado a Defesa, na Coreia do Sul. As informações são da agência sulcoreana Yonhap.

 

O atentado aconteceu às 11h40 hora local, em uma agência de investigação de defesa, no momento em que vários investigadores realizavam testes com explosivos na cidade de Pocheon, na província de Gyeonggi, ao norte de Seul.

 

Fontes do corpo de bombeiros consultadas por Yonhap disseram que no momento da explosão se encontraam 60 pessoas. 

 

Em meio a confusão incial, alguns veículos de comunicação sulcoreanos, como a rede de televisão YTN, informaram que inicialmente haviam 60 feridos no acidente.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.