Explosão no consulado da Macedônia no Paquistão deixa três mortos

Pelo menos três pessoas morreram nesta quinta-feira em uma explosão no consulado da Macedônia, em Karachi, no Paquistão. As vítimas são uma mulher e um homem paquistaneses e um segurança do consulado. Segundo médicos que recolheram os corpos, suas mãos e pernas estavam amarradas, as bocas tapadas com peças de roupas e suas gargantas cortadas. O chefe de polícia de Sindh, Syed Kamal Shah, disse que a explosão foi muito forte e que o incidente ?parecia ser uma ato de terrorismo?, mas ainda não há suspeitos. Desde o apoio do presidente paquistanês, Pervez Musharraf, aos EUA na guerra contra o terror, o país vem sendo alvo de constante ataques a lugares ocidentais e cristãs. Neste ano, 11 franceses e 15 paquistaneses morreram em um atentado com carro-bomba em frente a um hotel e a embaixada dos EUA. Extremistas muçulmanos são apontados como os autores dos atentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.