Explosão no Sri Lanka deixa pelo menos 20 mortos

Ataque ocorreu às vésperas das comemorações do aniversário da independência

BBC Brasil, COLOMBO

02 de fevereiro de 2008 | 12h06

COLOMBO - Pelo menos 20 pessoas morreram neste sábado em uma explosão em um ônibus na cidade de Dambulla, na região central do Sri Lanka. Segundo a polícia, ao menos 50 pessoas ficaram feridas na explosão, que ocorreu em um terminal de ônibus. O veículo atingido havia parado no terminal, no meio da viagem entre as cidades de Kandy e Anuradhapura.

Um porta-voz militar, Udaya Nanayakkara, disse que o grupo rebelde Tigres de Libertação do Tamil Eelam estava por trás da explosão. O ataque deste sábado ocorre em um momento em que a segurança no país é reforçada para os festejos do 60° aniversário da independência do Sri Lanka, que era uma colônia britânica. As comemorações estão marcadas para segunda-feira.

Segundo o correspondente da BBC em Colombo, Roland Buerk, o grupo ainda não fez nenhuma declaração a respeito, mas geralmente os Tigres Tâmeis negam participação nesse tipo de ataque.

Os Tigres Tâmeis lutam por um estado independente no norte e no leste do país desde 1983.

No mês passado, a guerra civil foi intensificada depois que o governo abandonou um cessar-fogo que havia assinado com os rebeldes em 2002. No último fim de semana, 18 pessoas, a maioria crianças, morreram em um ataque a bomba contra um ônibus no noroeste da ilha.

Os Tigres Tâmeis atribuíram aquele ataque a um suposto grupo militar clandestino, mas o Exército negou essa alegação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.