Explosivos estavam perto da casa de presidente do Chipre

Aproximadamente 1,5 quilo de explosivos militares foi encontrado neste sábado próximo à casa de férias do presidente do Chipre, Demetris Christofias, segundo informações da polícia. Os explosivos de alta potência e um detonador comum foram descobertos a 450 metros de distância do retiro do presidente, disse o porta-voz da polícia Andreas Angelides a repórteres. Angelides também contou que os dispositivos estavam prontos para serem usados.

AE, Agência Estado

29 de dezembro de 2012 | 19h38

De acordo com a rádio estatal, o detonador não estava ativado, mas poderia ser ativado via controle remoto. O presidente estava planejando visitar a residência neste sábado à tarde, mas foi aconselhado a ficar longe do local até que a polícia completasse a investigação, informou a rádio.

Ataques motivados por causas políticas na ilha são raros. Mas com o aprofundamento da crise econômica, que está piorando devido à exposição à dívida grega, Christofias e seu governo têm se tornado cada vez menos populares. Christofias é o primeiro presidente do Chipre a não concorrer à reeleição, na disputa marcada para fevereiro.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Chipreexplosivos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.