Explosões atingem prédios de segurança no Iêmen

Duas explosões com 10 minutos de intervalo na cidade de Áden, no sul do Iêmen, atingiram uma base policial e centros de inteligência na madrugada de quinta-feira (horário local), mas sem provocar maiores danos, disse uma fonte local de segurança.

REUTERS

14 Setembro 2011 | 20h31

Testemunhas disseram que um jovem foi morto quando as forças de segurança abriram fogo em resposta aos ataques. Segundo as autoridades, nenhum membro das forças de segurança ficou ferido.

A fonte disse que as explosões foram provavelmente provocadas por artefatos explosivos que não conseguiram atravessar os muros ao redor dos dois edifícios, que ficam a cerca de 400 metros de distância.

O oficial de segurança confirmou que um jovem foi morto e disse que várias pessoas ficaram feridas depois que as forças de segurança dispararam por alguns instantes.

As explosões acontecem dias após o Exército iemenita ter anunciado a retomada da capital da província vizinha de Abyan, onde militantes ligadas à Al Qaeda têm desafiado o controle do governo.

Na quarta-feira, confrontos entre militantes e as Forças Armadas na capital provincial Zinjibar deixaram ao menos 12 mortos.

Um oficial militar disse que sete militantes e um soldado foram mortos num subúrbio da cidade litorânea, e outros quatro militantes morreram em outra parte de Zinjibar.

(Reportagem de Dhuyazen Mukhashaf)

Mais conteúdo sobre:
IEMEN EXPLOSOES MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.