Explosões de bombas deixam mais de 30 feridos na Índia

Explosões na noite de quinta-feira de quatro bombas no Estado de Assam, no nordeste da Índia, deixaram mais de 30 feridos, a maioria civis, informou nesta sexta-feira a polícia indiana. As quatro bombas explodiram quase simultaneamente, acrescentou a fonte. Segundo a polícia, 21 civis ficaram feridos quando uma granada foi lançada num movimentado mercado, localizado a cerca de 80 quilômetros de Guwahati, principal cidade de Assam. As explosões ocorreram duas semanas antes das conversações de paz entre o governo indiano e o grupo rebelde Frente Unida de Libertação de Assam (Ulfa), que exige a libertação de cinco de seus principais líderes antes de decidir se participa ou não do encontro.O Ulfa é o principal grupo separatista entre as 25 organizações armadas que atuam em sete Estados do nordeste da Índia pela independência ou uma ampla autonomia de seus territórios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.