Explosões de bombas deixam mais de 50 mortos no Paquistão

Número de mortes pode aumentar, de acordo com o vice-inspetor da polícia, Hamid Shakil

Reuters,

10 de janeiro de 2013 | 10h01

(Texto atualizado às 17h10) QUETTA, PAQUISTÃO - Duas explosões ataram nesta quinta-feira pelo menos 56 pessoas em Quetta, no Paquistão, afirmou a polícia, horas depois de uma bomba ter matado 11 num mercado municipal. O número de mortos nas últimas explosões pode aumentar, de acordo com o vice-inspetor da polícia, Hamid Shakil.  

A primeira explosão, numa sala de snooker, parecia ser um ataque suicida, disseram residentes locais. Cerca de 10 minutos depois, um carro-bomba explodiu, eles contaram, e cinco policiais e um cinegrafista estavam entre os mortos.

A bomba tinha por alvo uma viatura da polícia, e matou principalmente feirantes e vendedores de roupas usadas, disse o oficial Mehmood.

 
Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoQuettabombas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.