Explosões de oleodutos já mataram milhares na Nigéria

Veja outros incidentes provocados pela explosão de oleodutos no país Africano:20 de dezembro de 2005: Rebeldes explodem um oleoduto da Shell a cerca de 50 quilômetros do pólo petroleiro de Harcourt, no sul do país, causando oito mortes.30 de maio de 2005: Um oleoduto é consumido pelas chamas depois de ser furado por uma gangue de ladrões que pretendiam roubar o óleo, na cidade de Awokan. O incidente faz seis vítimas fatais.Dezembro de 2004: Ladrões que roubavam combustível ateiam fogo a um oleoduto perto de Lagos para fugir da polícia. O tiroteio deixa 20 pessoas mortas.17 de setembro de 2004: Um oleoduto explode perto de Lagos em meio a uma tentativa de roubo, deixando 50 mortos.21 de junho de 2003: Uma explosão em um oleoduto atacado por vândalos faz 125 vítimas fatais próximo à cidade de Onicha Amiyi-Uhu.30 de novembro de 2000: Cerca de 60 adultos e crianças que furtavam gasolina de um oleoduto danificado são queimadas vivas após uma explosão na cidade de Atlas Cove.11 de julho de 2000: Mais de 200 pessoas morrem após a explosão de um oleoduto danificado nas vila de Adeje e Oviri-Court. Grande parte das vítimas eram crianças em uniformes escolares.17 de outubro de 1998: Ladrões que roubavam petróleo ateiam fogo a um oleoduto. O fogo se espalha pelas cidade de Jesse e vilas adjacentes, matando ao menos 700 pessoas. Segundo algumas estimativas, mais de mil pessoas morreram no incidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.