Explosões deixam 33 mortos em cidade no leste do Paquistão

Bombas foram detonadas por dispositivos de controle remoto, segundo autoridades; outros 95 estão feridos

Associated Press,

07 de dezembro de 2009 | 15h35

Pelo menos 33 pessoas morreram e outras 95 ficaram feridas em duas explosões que atingiram um mercado na cidade de Lahore, no leste do Paquistão, informaram nesta segunda-feira, 7, as autoridades locais.

 

As imagens da televisão local mostravam carros e lojas em chamas no local. Segundo as autoridades, as bombas foram detonadas por um dispositivo de controle remoto.

 

Lahore é a segunda maior cidade do Paquistão e não está longe da fronteira com a Índia. No ano passado, a cidade foi alvo de vários ataques de militantes radicais.

 

Mais cedo, um atentado suicida próximo a um tribunal na cidade de Peshawar deixou 11 mortos e outros 47 feridos.

 

Após o início da ofensiva do Exército paquistanês, os militantes islâmicos executaram vários ataques a bomba para responder às pressões sobre o Taleban na fronteira noroeste, próxima do Afeganistão.

 

Mais de 400 pessoas morreram na onda de ataques, a maioria direcionada às forças de segurança, embora muitos ocorram em locais cheios de civis, como o mercado em Lahore.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoatentadoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.