Explosões deixam 34 mortos e 82 feridos no Iraque

Policiais iraquianos afirmaram que 34 pessoas morreram e 82 ficaram feridas na explosão de três bombas, hoje, num bairro xiita no sudoeste de Bagdá.

AE, Agência Estado

23 de junho de 2011 | 17h02

Os ataques ressaltam a natureza frágil dos progressos da segurança no Iraque, em um momento em que as forças americanas se preparam para deixar o país até o final deste ano, e os desafios que serão enfrentados pelos funcionários do Departamento de Estado norte-americano e empreiteiros que permanecerão na região após a saída dos militares.

As bombas explodiram logo após as 19h (horário local) de hoje, segundo os policiais. Uma das explosões ocorreu numa mesquita xiita e a outra, do lado de fora de um mercado popular. A terceira bomba foi detonada dentro do mercado onde as pessoas estavam fazendo suas compras antes do fim de semana, afirmaram oficiais da polícia iraquiana.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelos ataques, mas extremistas sunitas, como a Al-Qaeda no Iraque, tendem a atacar geralmente mesquitas e bairros xiitas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãobombaIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.