Explosões deixam dois mortos na Tailândia

A explosão de duas bombas em um povoado no sul da Tailândia causou a morte de dois policiais e deixou pelo menos uma pessoa ferida, disseram fontes ligadas aos serviços locais de segurança pública. Outras duas bombas foram desarmadas antes de explodirem. A explosões em Pattani ocorrem um dia depois de agressores não-identificados terem incendiado 21 escolas e atacado um arsenal do Exército, matando quatro soldados na província vizinha de Narathiwat. O governo tailandês atribuiu os ataques de ontem a grupos extremistas islâmicos.Nesta segunda-feira, dois policiais morreram quando tentavam desativar uma bomba colocada em uma motocicleta estacionada em um centro comercial de Pattani, disse um porta-voz da polícia sob condição de anonimato. Outra explosão atingiu um posto policial estabelecido em um parque, deixando um guarda ferido, prosseguiu a fonte.A emissora de televisão ITV informou que o artefato era uma bomba-relógio programada para explodir às 15h locais. Segundo a ITV, a polícia tailandesa isolou a área em busca de mais bombas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.