Explosões em Bagdá matam nove pessoas e deixa 20 feridos

Pelo menos nove pessoas morreram e 20 ficaram feridas neste domingo, 27, na explosão de uma bomba em área do centro de Bagdá, informaram à EFE fontes policiais.Segundo a polícia, uma bomba escondida em um veículo estacionado na região explodiu durante a passagem de uma patrulha policial nas imediações do hotel Meridien, na rua Sadun, uma das mais movimentadas do centro de Bagdá.As fontes, no entanto, não souberam precisar se as vítimas do atentado eram membros da Polícia ou civis que se encontravam no local da explosão.Além disso, as mesmas fontes informaram que um civil morreu e outros três ficaram feridos quando várias bombas atingiram casas do bairro de Ameriya, em Faluja, 60 quilômetros ao oeste de Bagdá.O novo atentado em Bagdá aumenta o número de mortos hoje na capital iraquiana a onze, já que outras duas pessoas faleceram na explosão de uma bomba em um estacionamento de um jornal estatal em Bagdá, informaram fontes policiais.Segundo seu relato, a explosão, que deixou 20 feridos, ocorreu no estacionamento da sede do jornal "Al-Sabah" (A Manhã), que faz parte da Rede de Imprensa Iraquiana, controlada pelo governo dirigido pelo primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki.A explosão, no bairro de Wazeriya, norte da capital, também causou grandes danos materiais no edifício do jornal e em um bloco de apartamentos em suas proximidades, agregaram as fontes. Além disso, a explosão incendiou pelo menos 18 veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.