Explosões em embaixadas em Roma ferem pelo menos dois

Representações receberam pacotes-bomba; ainda não se sabe quem são os responsáveis pelos atentados.

BBC Brasil, BBC

23 de dezembro de 2010 | 13h15

A embaixada suíça fica no norte da capital italiana

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas em Roma nesta quinta-feira na explosão de dois pacotes-bomba em duas embaixadas, a da Suíça e a do Chile, segundo fontes dos dois países.

Na representação suíça, a vítima seria um homem de 53 anos, que teria aberto o pacote. O outro ferido teria sido atingido pela bomba na embaixada chilena.

A polícia começou uma investigação sobre os atentados e está fazendo uma varredura em todas as representações diplomáticas da cidade.

Ainda não há indicação de quem estaria por trás das explosões, mas a imprensa italiana especula que os atentados tenham relação com extremistas que defendem o meio ambiente.

Na terça-feira, uma falsa bomba foi encontrada em um trem vazio de metrô em Roma.

O dispositivo não tinha detonador e testes revelaram que ele também não continha explosivos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
bombasuicaitaliaembaixadaatentado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.