Explosões em gasodutos russos deixam Geórgia e Armênia sem gás

Vários gasodutos explodiram no sul da Rússia neste domingo, interrompendo a distribuição de gás à Geórgia e à Armênia exatamente num momento em que estes países sofrem com uma onda de frio congelante.As explosões atingiram gasodutos que passam pelas regiões de Ossétia do Norte e sul da Rússia, segundo o Ministério de Situações de Emergências russo.O porta-voz do ministério, Viktor Beltsov, afirmou que as explosões, aparentemente, foram acidentais, mas Nikolai Shepel, promotor-chefe da região sul da Rússia, disse que foi iniciada uma investigação para apurar possíveis sabotagens. Rebeldes islâmicos da região russa do Cáucaso já perpetraram atentados contra gasodutos. A cadeia de televisão russa NTV transmitiu imagens dos gasodutos em chamas no que parecia ser um desfiladeiro.A interrupção de gás afetou a Geórgia em um momento em que o país enfrenta temperaturas de até -10ºC. Hoje à tarde, a maior parte da capital não tinha gás para calefação.O gás da Rússia passa pela Geórgia para chegar à Armênia. O governo da Geórgia exigiu hoje uma rápida explicação por parte do governo russo sobre o ocorrido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.