Explosões em igrejas matam 21 e ferem 101 na Nigéria

Pelo menos 21 pessoas morreram e 101 ficaram feridas em ataques a bomba contra cinco igrejas no norte da Nigéria, informou neste domingo um funcionário da agência nacional de reação a desastres. De acordo com a fonte, o número inclui os ataques aos templos cristãos no Estado nigeriano de Kaduna e confrontos que se seguiram aos atentados.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 16h23

Mais cedo, Andronicus Adeyemo, da Cruz Vermelha local, informara que ataques a três igrejas haviam deixado 12 mortos e 80 feridos. As autoridades impuseram um toque de recolher de 24 horas.

As igrejas têm sido cada vez mais alvos da violência na Nigéria, uma nação de mais de 160 milhões de pessoas praticamente dividida entre muçulmanos e cristãos. Uma explosão na Páscoa em Kaduna matou pelo menos 38 pessoas. Um atentado suicida no Natal contra uma igreja católica deixou ao menos 44 mortos. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Nigériaexplosãoigrejamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.