EFE/EPA/GHULAMULLAH HABIBI
EFE/EPA/GHULAMULLAH HABIBI

Explosões em partida de críquete deixam 8 mortos e 45 feridos no Afeganistão

Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria das explosões

O Estado de S.Paulo

19 Maio 2018 | 02h36

CABUL - Pelo menos oito pessoas morreram e outras 43 ficaram feridas em três explosões consecutivas durante um partida de críquete na província de Nangarhar, no Afeganistão, informou uma fonte oficial à Agência Efe, neste sábado, 19.

As explosões ocorreram no final da noite de sexta-feira, 18, no estádio de críquete Spinghar, em Jalalabad, capital de Nangarhar, onde centenas de pessoas assistiam uma partida entre equipes locais, afirmou o porta-voz do governador da província, Attaullah Khogyani.

"Três explosões ocorreram entre os espectadores", afirmou Khogyani, acrescentando que a natureza das explosões ainda não está clara e que as autoridades estão investigando. Ele disse que dos 45 feridos, que estão internados no hospital da província, sete estão em "condição crítica". Entre os mortos, está o organizador do torneio, Hedayatullah Zahir.

A competição de críquete foi organizada, coincidindo com o Ramadã e nele participavam vários equipes locais de Jalalabad, uma cidade que sofreu vários atentados terroristas nos últimos meses.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria das explosões em uma província onde o braço afegão do Estado Islâmico tem seu principal reduto.

O porta-voz do talibã, Zabihullah Mujahid, afirmou no Twitter que esse grupo insurgente não tem nada a ver com as explosões.

A prática de esportes à noite são pouco comuns no Afeganistão, pois atraem muita gente e podem ser objeto de ataques terroristas.

+ Atentado em centro de registro de eleitores em Cabul mata 57 e fere mais de 100; EI assume autoria

Em setembro do ano passado, quatro pessoas, incluindo um homem-bomba, morreram e outras 12 ficaram feridas nas imediações do principal estádio de críquete de Cabul, quando uma importante partida de uma grande liga local com participação de jogadores internacionais.

+ Seis pessoas morrem em ataque a hotel de luxo no Afeganistão

Segundo a ONU, o número de vítimas civis no Afeganistão em 2017 foi de 10.453 (3.438 mortos e 7.015 feridos)/ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.